Crianças plantam centenas de árvores no Norte do país

O Dia Internacional da Floresta Autóctone celebra-se esta quarta-feira com várias ações no Norte do país. Na Serra do Alvão, 50 crianças vão ajudar à reflorestação da zona, enquanto nas margens do rio Minho crianças do Norte de Portugal e da Galiza vão plantar 350 árvores de espécies autóctones que passarão a formar um novo bosque nas margens do rio Minho, entre Valença e Tui.

A Serra do Alvão, mais propriamente na aldeia de Souto, na freguesia de Telões em Vila Pouca de Aguiar, vai receber as primeiras 400 árvores que serão plantadas com o apoio de cerca de 50 crianças de duas escolas da região.

Segundo o comunicado da organização – que envolve a Quercus e a empresa de gestão de resíduos de embalagens e medicamentos fora de uso Valormed – esta é uma ação pedagógica que pretende criar uma oportunidade de partilha dos valores ambientais junto das gerações mais novas.

A campanha de reflorestação em Vila Real, em Trás-os-Montes, contou com a adesão de 2800 farmácias e dos seus utentes que através da entrega de medicamentos fora de uso nas farmácias permitiu à Valormed reconverter os desperdícios em árvores.

De acordo com o comunicado de imprensa, as árvores destinam-se “a valorizar e manter a riqueza ambiental de uma das maiores áreas naturais protegidas de Portugal, onde se pretende plantar ou cuidar de cerca de 20.000 árvores nos três anos da iniciativa”.

350 árvores dão origem a novo bosque nas margens do rio Minho

Numa outra iniciativa, um grupo de crianças do Norte de Portugal e da Galiza vão plantar, nesta quarta-feira, 350 árvores de espécies autóctones que vão dar origem a um novo bosque nas margens do rio Minho, entre Valença e Tui.

Esta é uma iniciativa do Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial Galiza-Norte de Portugal, em colaboração com as autoridades e autarcas dos dois lados da fronteira, de acordo com informação da Lusa.

As espécies de árvores que vão ser plantadas no dia internacional da Floresta Autoctone são castanheiros, freixos e amieiros.

“Será uma nova atracção que ali vai nascer e marcará a primeira acção visível da eurocidade Valença-Tui, entretanto criada”, explicou à Lusa, Elvira Vieira, directora do agrupamento transfronteiriço.

Notícia retirada de: http://www.boasnoticias.pt/noticias_Crian%C3%A7as-plantam-centenas-de-%C3%A1rvores-no-Norte-do-pa%C3%ADs-_8955.html

About antiarboricida

Grupo de Voluntários do Núcleo do Porto da Quercus
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s