Intervenções no espaço público

Quando é feita uma intervenção de fundo (que inclua renovação de pavimentos, intra‐estruturas elétricas, de saneamento, etc.) num arruamento, praça ou outro espaço público com árvores velhas, é uma boa oportunidade para avaliar o seu estado fitossanitário, o desenvolvimento e a adequação da(s) espécie(s) ao local e, caso se verifique que apresentam problemas insuperáveis, devem ser abatidas e substituídas por novas árvores.

Uma modificação mecânica do solo é mais desastrosa para a árvore, que uma modificação química. É frequentemente tão nocivo subir o nível do solo em torno de uma árvore, como baixá-lo.

Nas avaliações de risco são feitas algumas perguntas para ajudar a tomada de decisão:

  • Alvo – Se a árvore cair, será sobre viaturas, casas, linhas elétricas, pessoas?

  • Equilíbrio – Terá a árvore sofrido alteração da forma normal da espécie para outra mais perigosa?

  • Ramos mortos – A árvore perdeu recentemente ramos? Há ramos mortos?

  • Existem fendas abertas profundas no tronco e ramos?

  • Podas de rolagem – Há ramos de grande dimensão a crescer rapidamente a partir dos locais de corte?

  • Raízes – Foram as raízes afetadas por obras de construção civil? Há carpóforos visíveis? A árvore está inclinada? Existe um relvado ou jardim instalados sobre as raízes?

Por isso, em alguns casos, o mal menor é o abate, para posterior plantação de outra espécie, mais adequada ao local, para que não fiquem problemas para o futuro. No entanto, o abate só deve ser feito quando absolutamente inevitável.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s