A Araucária do Jardim da Cordoaria

Deixamos aqui uma das árvores mais representativas da Cidade do Porto. Sempre que olhar para a Torre dos Clérigos, independentemente do ponto onde se encontrar, avistará a sua copa.

Apresentamos assim um imponente exemplar centenário, uma Araucaria bidwilli, originária de Queenland, na Austrália, e, por isso, vulgarmente entre nós chamada araucária-da-Austrália, residente no Jardim da Cordoaria ou Jardim de João Chagas.

This slideshow requires JavaScript.


Este jardim foi construído no final da década de 1860 e início de 1870, com a proposta de Alfredo Allen (1828- 1907), na altura vereador dos Jardins da Câmara do Porto.

Esta é a árvore mais alta deste Jardim, talvez uma das árvores mais altas da Cidade, plantada entre 1867 e 1869. Com 3,6 metros de PAP (perímetro à altura do peito) e aproximadamente 40 mts de altura, este exemplar é dos maiores de todo o país e é uma das Árvores Monumentais e Árvores Classificadas de Interesse Público no Porto.

Neste Jardim, aprecie também todas as outras árvores; é magnífico saber que estes seres sobrevivem tantos anos.

Advertisements